AQUECIMENTO GLOBAL E QUEIMADAS NO PANTANAL: CONHEÇA A RELAÇÃO

A vegetação das savanas tropicais é totalmente adaptada para incêndios florestais naturais, causados por descargas elétricas. Infelizmente, com a prática de queimadas ilegais aliadas a diminuição da fiscalização, estes incêndios saem do controle e causam destruição avassaladora. Dentre tantos, as queimadas liberam muitos gases intensificadores do efeito estufa, como o gás carbônico, contribuindo com o aquecimento global que há tanto tempo parecia algo distante, hoje em dia parece estar tomando forma.

 

Não só no Brasil, mas em diversos lugares do mundo, eventos ambientais extremos estão acontecendo com muita frequência, como por exemplo os ciclones, períodos de seca extensos ou chuvas fora de controle, como também a ondas de calor. E sim, o aquecimento global está acontecendo: De acordo com a NASA, 18 dos 19 anos mais quentes foram recentes, a partir de 2001, e para explicar o porquê disso, é necessário definir o conceito de efeito estufa. O gráfico abaixo mostra as variações da temperatura na superfície da Terra ao longo dos últimos 140 anos em relação à média de 1961 a 1990:

O efeito estufa é um processo físico que ocorre quando uma parte da radiação infravermelha é emitida pela superfície terrestre é absorvida por determinados gases presentes na atmosfera. O que está acontecendo hoje em dia é que, com a grande industrialização, a utilização de combustíveis fósseis, a queima de florestas, a pecuária, entre tantos outros, mais desses gases estão sendo jogados na atmosfera, intensificando este efeito, e então aquecendo a terra. Existem diversos fatores que podem aquecer ou esfriar a terra, desde as eras glaciais, ou até o sol, entre outros. Entretanto, todos se encontram dentro do padrão histórico, com exceção do efeito estufa, o único que o ser humano é capaz de controlar.

 

Com o aquecimento global, ocorre um desequilíbrio biológico e climático nas regiões, onde eventos extremos ficam mais frequentes, com dias quentes cada vez mais quentes, épocas secas cada vez mais secas, chuvas cada vez mais intensas e assim por diante. Com as secas mais frequentes e ventos mais fortes, regiões como o pantanal se tornam mais inflamáveis, o que aumenta a frequência de incêndios fora do controle, pois o vento os propaga numa velocidade muito grande. A frequência dos incêndios está sendo tanto que a vegetação não está tendo tempo para se recuperar entre um e outro. 

 

Você sabe o que está acontecendo atualmente no pantanal?

Sob uma seca severa, o bioma sofre com queimadas provocadas pelo homem e já teve cerca de 15% de sua área devastada pelas chamas Mesmo assim, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) diminuiu o ritmo das operações de fiscalização em Mato Grosso do Sul em 2020. O Pantanal é a maior área úmida continental do mundo, e é também lar de uma imensa biodiversidade. Mesmo que a vegetação seja adaptada para incendios florestais, eles estão acontecendo muito mais do que o normal, e as queimadas põe tudo isso e muito mais em risco, causando:

  • Diminuição da biodiversidade.

  • Emissão de gases poluentes na atmosfera, piorando a qualidade do ar.

  • Aumento das doenças respiratórias – em razão dos gases e partículas nocivas.

  • Danos ao patrimônio público e privado – cercas, casas, rede de energia elétrica.

  • Agravamento do aquecimento global contribuindo para elevação da temperatura.

  • Diminuição da fertilidade do solo que perde matéria orgânica e umidade.

Conclusão:

            Infelizmente, não cabe a muitos de nos ajudar diretamente com os incêndios florestais, mas felizmente, cada ação que tomamos no nosso dia escolhe o mundo que queremos viver e que vamos deixar aos nossos filhos. Por isso, lembre-se que cada sacola reutilizável que você leva ao mercado ou cada vez que você compra com seus potes em lojas a granel ajudam com a redução de plástico nos oceanos, cada vez que você evita derivados animais nas suas refeições e não jogar bitucas de cigarro na rua contribui com a diminuição das queimadas, e cada vez que você divulga informação para seus amigos e familiares, mais chance temos de que as pessoas tomem consciência desse problema. Lembre-se que além de atitudes isoladas, são atitudes que podem inspirar a pessoa quem está ao seu lado, e, mesmo que não conheçamos seu alcance, com sorte, podemos atingir diversas pessoas e contribuir na criação de um planeta sustentável. Cabe agora a você decidir de que lado da história do meio ambiente você está.

#

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Olá!

Estamos aqui para qualquer dúvida, sugestão e/ou orçamento.

× Como podemos te ajudar?